Paradoxo provocado pelo conflito entre os regimes de caixa e de competência

 

Era uma vez, a padaria de Soraya Cybelle, que tinha um baita forno elétrico, cuja produção de pães versus gastos com energia elétrica seria ilustrada de acordo com a tabela abaixo:

 

 

Ué!!!!!!

De janeiro para fevereiro, produzi mais pães, porém a conta de energia não aumentou!!!! E de fevereiro para março a produção caiu, mas a conta de energia aumentou!!!

Por que este desatino?

Isto se deve ao fato de o leiturista não ter feito a leitura em fevereiro, só tornando a medir em março;

A Concessionária de Energia Elétrica local repetiu o valor de janeiro em fevereiro e cobrou a diferença em março;

Pelo regime de competência, dos R$ 1 mil desembolsados em março, só R$ 500,00 são daquele mês, sendo o restante da competência do mês anterior, mas pagos no mês corrente;

Sugestão, para fugir desta armadilha quando for apropriar custos: faça a leitura você mesmo e multiplique a diferença entre a duas últimas leituras pelo valor do KWh.

Atenção:

Na verdade, há uma parcela da energia elétrica que não é um custo variável e sim fixo, iluminação de vão de loja, refrigeração de laticínios e ar condicionado de escritório, por exemplo. A conta de energia não discrimina a parcela variável (PRODUÇÂO) da parcela fixa (COMERCIALIZAÇÃO E ADMINISTRATIVO).

Mas, através um de um instrumento muito simples conhecido com regressão linear (MS Excel ou HP 12C) há com fazê-lo, mas isto já é assunto para uma outra conversa. (Muitíssimo em breve eu conto. Até lá, só faça a leitura do medidor para uma sequência de dias, sem tirar conclusões ainda).

Por Wellington  Falcão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: