A relevância da localização do PDV para negócio

PDVNo planejamento para definição da estratégia de implementação de um negócio, faz-se necessário observar alguns aspectos, dentre eles, o ponto comercial ou ponto de venda (PDV). A relevância da localização do PDV para o negócio está relacionada à natureza do que se vende e para quem se vende. Determinados produtos dependem mais do ponto do que outros. Assim como existem clientes mais ou menos sensíveis a conveniência, conforto e outros atributos vinculados a localização de um PDV.

Quanto menor a exclusividade do tipo de produto que se oferta em relação à concorrência, mais importância o PDV ganha no processo de escolha do consumidor. A conclusão óbvia: quanto mais importante for o PDV para o negócio, mais próximo o ponto tem de estar do seu público.

Ao escolher o ponto comercial da uma empresa, deve–se, portanto, levar vários itens em consideração. O primeiro passo é analisar o grau de dependência do produto e do seu perfil de público-alvo em relação ao PDV e a conseqüente importância deste para o negócio.

Os principais benefícios de um ponto de venda bem localizado são a maior visibilidade da empresa e conveniência para o cliente. No mercado competitivo de hoje em dia, onde produtos e empresas parecem tão similares, a conveniência  desponta como uma importante vantagem competitiva e é um dos fatores mais relevantes ao consumidor na hora escolha.

Muitas vezes é preferível abrir mão de uma economia no aluguel e optar por um ponto mais caro – porém, de melhor localização – pois, a diferença que se pagaria entre os alugueis, pode ser revertida no aumento das vendas, alavancadas pela melhor visibilidade e conveniência do ponto.

Um dos segmentos que mais dependem da boa localização do ponto é o comércio varejista. Outros exemplos são as empresas de serviço que exigem a presença do cliente, tais como os salões de beleza, os colégios, os restaurantes e lanchonetes sem entrega a domicílio, etc.

Deve-se considerar ainda na escolha, as características da população residente. Não só as geodemográficas, como também as comportamentais, sociológicas e culturais. Cada vizinhança têm características únicas que podem ser identificadas e analisadas. Elas podem ser conservadoras, agitadas, residenciais, comerciais, entre tantas outras. Cabe ao empreendedor analisar qual a que melhor se relaciona com o seu modelo de negócio.

Outras questões importantes a serem consideradas: vias de acesso, proximidade a paradas de ônibus, fluxo de pessoas e veículos na via, barreiras naturais como rios, viadutos e pontes, avenidas largas demais, etc. Interessante também analisar os estabelecimentos vizinhos: concorrentes, parceiros ou complementares, e sua zona de influência em relação ao seu negócio.

 por João Paulo Andrade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: