COMPLEMENTARIDADE: UM DOS SEGREDOS DE SOCIEDADES DURADOURAS.

Cada departamento de uma empresa deve funcionar como a engrenagem de um relógio.  Basta uma engrenagem fora de ritmo e o desempenho será afetado. Podem existir engrenagens maiores e menores, mas todas são importantes para o resultado final. Desta forma, sócios de um empreendimento devem ter conhecimentos complementares, para que todas as áreas da gestão tenham um bom desempenho.

Vamos utilizar como exemplo uma empresa fictícia gerida por dois especialistas em estratégia comercial e com anos de experiência em vendas. Por uma questão óbvia, sempre que pensarem estrategicamente poderá haver uma atenção menor à gestão financeira ou da produção.

Um velho bordão afirma que “o gado só engorda sob os olhos do dono”. Pois bem, se um dos sócios não estiver diretamente ligado ao processo produtivo possivelmente teremos problemas como: atraso na entrega, retrabalho, reprocesso, produtos fora das especificações do pedido, etc. Todos estes problemas acarretam prejuízo financeiro e principalmente prejudicam a satisfação e posterior fidelização do cliente.

Seguindo o exemplo da nossa empresa fictícia, a má gestão financeira também compromete significativamente o negócio. Aumentar por sucessivos meses o faturamento é um sonho agradável, porém, se vender abaixo do custo por ignorância financeira selará seu destino. Este erro é mais comum do que se pode imaginar. Manter na ponta do lápis o controle de custos fixos, variáveis, fluxo de caixa e respeitar o pró-labore são tarefas básicas para a sobrevivência do negócio. Sem a gestão financeira adequada a empresa pode fechar as portas vendendo um produto de qualidade, com preço competitivo, alto faturamento e clientes satisfeitos. É como ter a galinha dos ovos de ouro e matá-la de fome.

Até aqui falamos apenas de duas engrenagens desse relógio chamado empreendimento. A engrenagem “pessoas”, por exemplo, merece um artigo dedicado somente a ela, tão importante que é para o funcionamento do negócio. Não há equipe que resista a um clima organizacional ruim ou trabalhando sem as condições mínimas para o alcance das metas. Não se luta numa guerra com uma espadinha de brinquedo.

A empresa exemplo que utilizamos aqui poderia ter outras configurações de sociedade e o problema poderia ser a gestão comercial. O importante é perceber que os controles operacional e tático do negócio precisam ser partilhados entre sócios com conhecimentos complementares, assim as decisões estratégicas terão maior assertividade. Ninguém é bom em tudo. Associe-se a quem é muito bom naquilo que você tem dificuldades.

 

Por MARCO ANTONIO MURARA

www.professor.murara.com.br

Uma resposta para COMPLEMENTARIDADE: UM DOS SEGREDOS DE SOCIEDADES DURADOURAS.

  1. […] Leia mais e comente este artigo de Marco Antonio Murara no Blog Sebrae Pernambuco. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: