Regulamentada a utilização de blocos de gesso como vedações verticais internas em alvenaria não-estrutural

Na Reunião Ordinária da CN-SiNAT, realizada no dia 11/12/12 em Brasília foi aprovada em definitivo pelo Ministério das Cidades através da Secretaria Nacional de Habitação – SNH e do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat – PBQP-H, a Diretriz SINAT para avaliação técnica de produtos que regulamenta as vedações verticais internas em alvenaria não-estrutural de blocos de gesso.
A aprovação da referida diretriz pode se tornar um grande marco para o setor gesseiro, tendo em vista a amplitude e a diversidade de oportunidades de negócios proporcionados pela mesma. Dentre o relevante conteúdo inserido no documento destacam-se os principais requisitos e critérios de desempenho regulamentados pela Diretriz:
 Desempenho Estrutural
Interação parede-estrutura
Resistência a impactos de corpo mole e duro, em paredes sem função estrutural
Solicitações transmitidas por portas para as paredes
Resistência às solicitações de cargas de peças suspensas

 Segurança contra incêndio
Dificuldade de inflamação generalizada
Dificuldade de propagação do incêndio para unidades contíguas (estanqueidade e isolamento)

 Estanqueidade à água
Umidade nas vedações verticais internas decorrente da ocupação do imóvel

 Desempenho acústico
Isolação sonora entre ambientes promovida pelas vedações verticais internas em ensaio de campo
Isolação sonora entre ambientes promovida pelas vedações verticais internas em ensaio de laboratório

 Durabilidade e Manutenibilidade
Vida útil de projeto dos elementos
Manutenibilidade dos elementos
Exposição à agressividade ambiental
Resistência à corrosão de dispositivos de fixação e instalação
Resistência ao crescimento de fungos
A tendência é que a regulamentação impacte fortemente no segmento da construção civil em especial nas empresas que negociam produtos derivados do gesso, pois as instituições bancárias que concedem financiamentos habitacionais poderão, após a publicação da referida Diretriz, liberar créditos para edificações que utilizam esta tecnologia, especialmente estruturas em que as paredes internas são construídas com blocos de gesso.
As construtoras interessadas em credenciar seus empreendimentos para receberem linhas de créditos específicas devem preparar o DATec (Documento para Avaliação Técnica), em conformidade com as especificações da Diretriz. Tal medida também possibilitará a aprovação de financiamentos habitacionais para suas obras.

Por Caio Braga

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: